PRAÇA JAMES FANSTONE N° 60 - CENTRO
ANÁPOLIS-GO - CEP: 75.020-390 E-MAIL: contato@heg.com.br
Diretor téc HEG: Dr. Carlos Siade RQE 4262 - Cirurgia Vascular/Angiologia - CRM 9155
TELEFONES: (62) 3099-9000 / (62) 3099-9010

Acesse o Webmail

Notícias

Dia D de combate à desnutrição ressalta importância da nutrição no ambiente hospitalar

evento_nutricao

O Hospital Evangélico Goiano promoveu no dia 26 de junho, às 10 horas, o ‘Dia D de combate à desnutrição no HEG’, envolvendo toda a comunidade hospitalar. O evento, no auditório da instituição, foi uma preparação para a campanha ‘Diga não à desnutrição’, da Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral (BRASPEN/SBNPE), que foi lançada no dia 6 de janeiro, em Brasília.

A campanha nacional resultará na criação de 11 passos para o combate à desnutrição hospitalar. No Brasil, a prevalência de desnutrição em adultos hospitalizados varia de 20 a 60%. Os pacientes mais afetados são idosos, cirúrgicos e os chamados ‘doentes críticos’. Um quadro nutricional delicado pode gerar diversas complicações.

De acordo com o médico nutrólogo Leandro Marques de Mendonça Teles, que apoiou o Dia D no HEG, “a desnutrição pode resultar em uma resposta imunológica ruim, aumento das taxas de infecção, atraso no processo de cicatrização, desenvolvimento de lesões por pressão e risco elevado de complicações cirúrgicas”.

“Estas condições implicam em comprometimento da funcionalidade dos pacientes, atraso da alta hospitalar, ou seja, fatores que impactam na segurança do paciente, no gerenciamento dos leitos e no aumento dos custos em saúde”, continua o nutrólogo Leandro Marques.

No Hospital Evangélico Goiano, a nutrição é acompanhada por profissionais que atuam em diversos setores, como a Unidade de Terapia Intensiva. Este tipo de abordagem, com atendimento nutricional correto, contribui para que os tratamentos tenham maiores chances de êxito.

O diagnóstico precoce da desnutrição e o uso dos instrumentos adequados possibilitam estabelecer uma conduta nutricional mais assertiva e, consequentemente, melhorar os desfechos destes pacientes. A atuação de uma Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional – EMTN, é uma das prerrogativas fundamentais para o gerenciamento do diagnóstico de desnutrição.

“O HEG está entre os poucos hospitais goianos (7,4%) que apresentam registro de serviços especializados de suporte nutricional, conforme pesquisa realizada junto ao CNES/DATASUS”, ressalta o médico Leandro Marques. Ele participou nesta terça-feira do evento de lançamento da campanha nacional ‘Diga não à desnutrição’.

Diretor técnico do HEG
Dr. Carlos Siade – CRM 9155