PRAÇA JAMES FANSTONE N° 60 - CENTRO
ANÁPOLIS-GO - CEP: 75.020-390 E-MAIL: contato@heg.com.br
TELEFONES: (62) 3099-9000 / (62) 3099-9010

Acesse o Webmail

Notícias

Tratamento de lixo hospitalar do HEG é modelo para Anápolis

Medical plastic trash

O Hospital Evangélico Goiano assume o compromisso de dar o destino correto ao lixo hospitalar que é produzido dentro da instituição.

O HEG já atende às novas diretrizes da Prefeitura de Anápolis, que transferiu para os estabelecimentos de assistência à saúde a responsabilidade pelas etapas do manejo dos resíduos, desde a segregação na origem, acondicionamento, coleta interna e armazenamento temporário até o tratamento e destino final.

Ao respeitar as normas para o destino do lixo produzido, o Evangélico cumpre seu papel e atende às normas estabelecidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), evitando que os dejetos sejam despejados em locais impróprios.

“A partir de 1º de dezembro, o Ministério Público orientou que a Prefeitura Municipal de Anápolis não mais realizasse a coleta dos resíduos infectantes ou biológicos do Grupo A que eram encaminhados para a fossa séptica no aterro sanitário local. Assim, os hospitais, clínicas, farmácias e laboratórios pagam pela coleta, tratamento e destino final”, explicou. O valor gasto para este trabalho varia de R$ 1,30 a R$ 4,60/kg de lixo hospitalar.

“Os resíduos dos Grupos B (químicos) e Grupo E (perfurocortantes) também são tratados previamente. Trabalhamos a não contaminação dos resíduos do Grupo D – recicláveis, papéis, caixas de papelão, plásticos, garrafas, galões de PVC e encaminhamos a empresas de reciclagem”, explicou ainda.

Lixo do grupo D, os chamados “resíduos comuns”, que englobam restos de comida, copos descartáveis, papéis de higiene das mãos, fraldas e demais similares são coletados pela Prefeitura Municipal de Anápolis, por meio da empresa terceirizada GC Ambiental. “Estamos atendendo a legislação e cumprindo determinação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente”, destacou Sônia Maria Pereira.